quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Incompleto ):


Está tudo bem, quando de repente, as coisas começam a se dissolver e se tornarem insuficiente para um sorriso sincero.

O mais incrível, é que nem um pingo d'água foi detectado para essa dissolução, e na tentativa de descobrir esse motivo, o tempo não para e as coisas começam a se separar mais ainda, se tornando cada vez mais distantes uma das outras, cada vez mais isolado.
O sentimento de perda vai crescendo, crescendo, crescendo... Mas o medo de dizer algo que possa mudar tudo é muito maior, mais forte, até porque, essa mudança pode ser positiva ou negativa, não abalando apenas um coração.
E o que fazer então? Insistir ou desistir?
Momentos difíceis existem sim, e sempre irão existir, mas nessa situação não é um momento difícil, é uma RELAÇÃO difícil, e já não há mais formas de saber se pode ou não dar certo, a não ser persistindo.
O pior mesmo vai ser se não valer apena, se acontecer tudo de novo.. Credo, acho que eu não suportaria.
Acredito que eu precise mesmo é de um tempo pra mim, pra me concentrar nos meus objetivos e tentar perceber o que eu realmente quero, pra não fazer mal ao meu coração, muito menos ao seu coração.

_
dedico a você, nesse momento tão difícil pra nós dois.
(quem é, sabe)

1 comentários:

Cecília disse...

É minha flor, já passei por todas essas dúvidas,
e sei que a única forma de saber é tentando, arriscando, dando a cara a tapa.

Se não der certo? Paciência!
Nem tudo é da forma que esperamos.
Levante a cabeça e siga em frente!!

Enfim. Adorei o texto.
=D

Postar um comentário